Cidade linda para quem?

CotradicaoEmSP

Em 6 dias de efetividade, o Patrão da cidade de São Paulo (já que ele não se diz político e sim empresário gestor = patrão) decidiu que iria limpar a cidade com o projeto: Cidade Linda… ai fica a pergunta: linda para quem? Para ele que passa pela Avenida 9 de Julho e se incomoda com os grafites e moradores de rua?

Uma iniciativa sem o menor cabimento e sem uma consulta pública. Simplesmente chamou o que viu de “sujeira” (não importando se fossem pessoas ou arte urbana) e passou por cima! Os desenhos ele apagou, e as pessoas? Ele simplesmente “enjaulou” debaixo do viaduto 14 Bis. Se nos primeiros dias já começaram assim, imaginem 4 anos de servidão disfarçada de “governabilidade pública”.

Tem um viaduto nessa mesma avenida e nessa mesma região (Praça 14 Bis) que estava fechado para carros, facilitando e agilizando o trânsito dos ônibus e táxis…Ahhhh, mas ele usa carro e com motorista e assessores, o que ele fez? Liberou o Viaduto Dr. Plínio de Queiroz para carros com duas ou mais pessoas, sob a alegação de estimular o compartilhamento de carro, ou seja, a famosa carona. Ai fica mais uma pergunta: quem em SP compartilha carro? O Dória, claro! 😉

CarroAntiPichacaoPrefeituraSP

Vejam como estava a Avenida toda colorida e como ela ficou agora:

Antes…

FOTOS: Grafite nos viadutos da Av. 9 de Julho – Parte 2

foto-de-nelson-martinez-40

FOTOS: Grafite nos viadutos da Av. 9 de Julho – Parte 1

foto-de-nelson-martinez-16

Agora…

Só para deixar registrado o que foi apagado dos muros, mas não das lembranças de quem expressou e de quem se inspirou com essas obras urbanas!

Claro que tenho certeza que os grafiteiros não vão se render e vão continuar colorindo meu bairro, porque eu nasci aqui na Bela Vista e acho sim, que os grafites me proporcionam uma Bela Vista dessa selva!

Matéria sobre os moradores de rua da praça 14 Bis: Tela verde separa os sem-teto de todos os que passam pelo viaduto da 9 de Julho

tela-verde-separa-os-sem-teto-de-todos-os-que-passam-pelo-viaduto-da-9-de-julho

Matéria sobre a liberação do viaduto: SPTV Segunda edição – Edição de sexta-feira, 06/01/2017 – O vídeo está completo e a matéria está no minuto 4:18

viadutodrplinioqueiroz9dejulho

Por Cinthia Almeida

Alguns dos livros que deixarei

Então, entro para o “testamento literário” de uma amiga especial!!! Sem palavras em saber que fui lembrada e claro, nem preciso dizer que sua lembrança será eterna em minha vida, durante e depois de ida!!! #MuitoFeliz ❤

Os Livros que Vivi

Ok, de início já vou avisando que esse post será sentimental (ou mórbido).

Acontece que é algo que estou para fazer há algum tempo (mais exatamente, 3 anos), mas como é um assunto meio dramático, fui adiando. Trata-se do meu “testamento”. Sim, isso mesmo. Mas vamos começar contando como surgiu essa necessidade ideia.

Há 3 anos morria um amigo de 27 anos. Estávamos juntos num sábado, e na terça seguinte, ele já não estava mais. Sim, a morte atinge os jovens, aqueles que consideramos cheios de vida, com um futuro inteiro pela frente. A morte atinge as pessoas do bem. E naquela manhã de 10 de setembro de 2013 atingiu o Rogério, nos deixando sem palavras e com muita saudade.

Pois bem, foi nessa época que me obriguei a pensar em algumas coisas e decidi que faria um testamento. Eu ainda não tenho grandes posses. Mas tenho algo muito valioso: meus livros.

Ver o post original 997 mais palavras